quarta-feira, 13 de abril de 2011

Enquete: Para fugir da crise você deixaria Portugal rumo ao Brasil?

Esta semana a BBC Brasil divulgou uma notícia onde, por conta da crise, portugueses estão emigrando para o Brasil 'aquecido', em busca de melhores condições de vida.

Ao contrário do que acontecia no século passado, quando portugueses com destino ao Brasil não tinham formação acadêmica – muitos eram semianalfabetos ou analfabetos –, a maior parte dos lusitanos que formam a onda atual têm curso superior.

"São pessoas cada vez mais especializadas. Constitui uma de fuga de cérebros, mas desta vez o destino é o Brasil. Não é uma migração dos países menos desenvolvidos para os países ricos, como se dizia nos anos 60", afirma o cônsul do Brasil em Lisboa, Renan Paes Barreto.

Segundo o serviço consular da representação, o número de pessoas que têm o Brasil como destino vem aumentando.

"No ano passado foram cerca de 1,5 mil vistos de trabalho, praticamente o mesmo número de 2009. Este ano, nos primeiros três meses foram 500", conta o funcionário do consulado responsável pela seção de vistos, José Luiz Neves.

De acordo com Neves, o número do consulado não é o definitivo. Além da representação de Lisboa, há também a do Porto. E há outras formas de obter o visto de trabalho, através de casamento, por exemplo.

"As pessoas normalmente não começam o processo aqui. Aqui é concluído. Começa no Ministério do Trabalho e do Emprego, com o pedido por parte da empresa".

Sobre o perfil do português que busca o visto para trabalhar no Brasil, Neves relata que "são predominantemente engenheiros e técnicos de plataformas de petróleo. Mas há outras profissões, como arquitetos".


Para fugir da crise você deixaria Portugal rumo ao Brasil?

Sim, eu penso em ir para o Brasil.

Não, eu não penso em ir para o Brasil.

Mesmo com a crise permanecerei em Portugal.

Assim que puder sairei de Portugal, mas não irei para o Brasil.






Nenhum comentário: